Ninguém recomendou esse artigo ainda.

10 Dicas para Iniciantes

Death Stranding pode parecer um jogo simples: você pega encomendas, equilibra elas nas costas de Sam e viaja do ponto A até o ponto B para entregá-las. Essa descrição realmente explica a mecânica mais básica do game, mas mal arranha a superfície de todas as suas nuances. Para ajudar você a começar sua caminhada com o pé direito, preparei 10 dicas que você precisa saber antes de começar: Comece o jogo na Dificuldade Normal ou Alta Death Stranding não é um jogo dos mais desafiadores ou punitivos. Não se preocupe com grandes perdas caso você falhe em fazer uma entrega ou Sam morra por algum descuido seu. As piores punições nesses casos são você perder tempo ou receber uma recompensa pior. Death Stranding salva automaticamente o progresso regularmente. Assim, ao jogar na Dificuldade Normal, você terá a experiência de jogo mais equilibrada e próxima ao que foi planejado pelo diretor Hideo Kojima: não terá tantos problemas, mas ainda será preciso ficar atento com o transporte ou com encontros com inimigos. Se optar pela dificuldade mais elevada, é bem próxima ao de um típico game de sobrevivência. Você pode alterar a dificuldade a qualquer momento durante o jogo. Sam se movimenta de forma realista Sam Bridges se move como uma pessoa de verdade. Tenha isso sempre em mente. Ele não se move com a agilidade um herói de um game de ação e as leis da física funcionam muito bem em Death Stranding, ao menos no que diz respeito ao movimento, inércia, momentum e coisas do tipo. Sam pode tropeçar, escorregar, ficar desequilibrado por causa do peso da carga, cair, rolar correnteza abaixo, e nem sempre ele consegue parar automaticamente no momento em que você deseja. Por isso, tente se mover mais devagar do que você faria normalmente em um videogame, até pegar o jeito. Lembre-se que você está carregando cargas preciosas nas costas. Cair pode danificá-las. Avance cautelosamente cada trecho da sua viagem. Você sempre pode procurar uma rota diferente: se escalar um penhasco parece arriscado, você pode tentar dar a volta para encontrar um caminho mais suave. Como corrigir o equilíbrio de Sam Por carregar pilhas de carga, o centro de gravidade de Sam varia a todo momento. Leve muitas encomendas nas costas ou empilhadas como uma torre e seu centro de gravidade vai ficar em algum lugar longe do seu corpo e aumentar as chances de você levar uns tombos, danificando sua preciosa carga. Para evitar que isso aconteça, você pode: . Organizar a carga da forma certa: Tente pendurar caixas nos braços e pernas de Sam e as peças mais pesadas ao redor da cintura. Não exagere na altura da pilha de caixas que Sam carrega nas costas. . Se equilibre enquanto caminha: Se Sam está com as mãos livres, use esse comando para fazer com que ele segure a mochila, aumentando a estabilidade. É importante saber que ações assim não consomem o vigor de Sam. Ele só se cansa com o movimento de caminhar e correr. Parar e segurar a mochila com R2 e L2 (no PS4) não gasta a barra de vigor, na verdade, é bem útil para que Sam fique estável enquanto “descansa” no fim de uma corrida ou no meio de uma correnteza. . Use um Exoesqueleto assim que possível: Você vai ganhar algumas ferramentas bem úteis ao longo da campanha de Death Stranding, inclusive exoesqueletos para aumentar sua capacidade de carga, eles aumentam muito sua capacidade de carga, melhoram o equilíbrio e permitem correr por mais tempo e em maior velocidade. O scanner é ótimo para localizar itens e objetos interativos Seu scanner é seu melhor amigo. Disponível desde o começo do jogo, essa antena não tem restrições de uso e funciona em qualquer situação, até mesmo quando você está pilotando um veículo. Se acostume a usar o scanner a cada vinte segundos ou após caminhar algumas centenas de metros. Ele pode identificar diferentes objetos no cenário: . Materiais de criação: você pode achar cristais quirais ou caixas de material reciclável. . Contêineres com saque: nas áreas dominadas pelos MULAs, você pode achar depósitos cheios de cargas roubadas e materiais recicláveis . Escadas e cordas de escalada: itens deixados por outros jogadores quando você está jogando online. Ao usar uma escada já posicionada numa encosta, por exemplo, você não precisa “gastar” a escada que está carregando. . Estruturas interativas: podem ser estruturas construídas por outros personagens, por você mesmo ou por outros jogadores. Elas são muito úteis, seja para atravessar rapidamente um terreno difícil (ponte), mapear os locais de interesse numa área ou recarregar a bateria de um veículo depois de uma chuva. O scanner também é ótimo para localizar EPs Os monstros invisíveis de Death Stranding, os EPs costumam aparecer quando chove e podem ser bem perturbadores e problemáticos. A antena do scanner se ativa sozinha quando um deles está por perto, muda sua cor para laranja e aponta na direção onde está a criatura mais próxima. Use esse indicador para se afastar e dar a volta nos EPs, ou, se preferir e tiver os meios para isso, afastá-los com uma granada bem arremessada. Para completar, quando o scanner detecta um EP, você consegue ver a silhueta flutuante do predador invisível. 
  1. Não tente lutar contra os EPs no começo
Até você conseguir as primeiras granadas ao longo do jogo, Sam está indefeso contra os EPs. Os monstros não podem ser feridos com socos e chutes. Tente se afastar e evitar os EPs sempre que possível. Ficar longe é sua melhor estratégia no começo da aventura. Se o Sam for detectado pelos EPs, corra para se afastar e esteja preparado para se soltar das garras deles quando for envolto pela gosma negra. Após conseguir suas primeiras granada, Sam pode enfrentar os EPs, não só se esconder e fugir deles. Ao abater um EP, prepare-se para coletar uma quantidade bem grande de cristais.
  1. Confira a profundidade do rio antes de tentar atravessar
Não entre no rio sem saber onde está pisando. Use o scanner para detectar o nível de profundidade do rio e planejar a melhor rota até o outro lado. A profundidade do trecho escaneado é indicada pela cor: . Azul: trecho raso e tranquilo para atravessar. . Amarelo: Sam vai ficar com água até a cintura e é preciso enfrentar a correnteza para avançar. Lembre-se de parar e segurar R2 e L2 quando ficar quase sem vigor no meio da travessia de um rio. . Vermelho: trecho fundo e perigoso. Sam não vai conseguir encostar no chão no fundo do rio, vai se mover junto com a correnteza e perder cargas, que podem ser recuperadas procurando nas margens um pouco abaixo do local do acidente.
  1. Use uma escada como ponte
Você nunca é obrigado a entrar em um rio em Death Stranding. Você pode procurar uma rota alternativa mais seca, se desejar. Ou usar uma escada como ponte em um trecho mais estreito. Para rios mais largos, é melhor construir uma ponte. Lembre-se, você pode usar itens e estruturas feitas por outros jogadores ou NPCs. Encontre um trecho difícil de atravessar e dê uma olhada no mapa para ver se não há alguma estrutura (como uma ponte) ou escada deixada no rio por outro jogador. Ao usar esses itens, você não gasta os seus próprios recursos.
  1. Cuidado com penhascos e abismos, principalmente ao pilotar
Quando estiver andando por regiões montanhosas, fique atento com penhascos e abismos, lugares de onde você pode despencar de uma altura muito grande. Você pode acabar morto, perder ou danificar feio a sua carga. Ao viajar de moto, atenção redobrada! Alguns abismos são rachaduras em platôs que podem parecer perfeitamente planos olhando de longe. Só acelere e corra se tiver 100% de certeza que a trilha é segura.
  1. Saltar com a moto é certeza de fracasso em 99% das vezes
Quando você está pilotando uma motocicleta, pode bater aquela vontade de saltar por obstáculos, como abismos ou valas mais íngremes. Não faça isso, você muito provavelmente vai fracassar, se machucar, quebrar sua carga ou morrer. Mesmo usando o booster, a moto não vai ganhar velocidade suficiente para completar o salto. Só salte se a “rampa” que vai usar for mais alta do que o local da aterrissagem e o abismo à frente por bem pequeno. Do contrário, dê a volta e procure uma rota alternativa para contornar.